• ocriabauru

14 Conferência Anual das Cidades Criativas da Unesco

O Cria Bauru marcou presença num evento internacional inédito no Brasil. Você confere agora um pouco do que rolou e fica sabendo em primeira mão de uma notícia incrível para nossa cidade.


Blue Med Convention Centr - Santos SP

Santos sediou a 14° Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco entre os dias 18 e 22 de julho. Pela primeira vez na América Latina, o encontro de representantes das cidades criativas do hub global reuniu experiências, cultura, criatividade e economia criativa na cidade litorânea.


A cidade de Santos faz parte da Rede de Cidades Criativas da Unesco na área de Cinema desde 2015. A edição deste ano tem como foco destacar o papel da cultura e da criatividade na construção de comunidades mais inclusivas e igualitárias, com o lema: “Criatividade, Caminho para a Igualdade”.


Frontaria Azulejada - Santos

Conferencistas da Unesco, representantes das cidades-membo da Rede de Cidades Criativas e a diretora do Departamento Cultural e Educacional do Ministério de Relações Exteriores, embaixadora Paula Alves de Souza, participaram dos 4 dias da Conferência, fechada ao público.


Paralelo à Conferência, no andar térreo do Blue Med Convention Center, aconteceu a Expo Brazilian Creatie Cities. O evento foi aberto ao público e contou com diversas atividades: palestras, apresentações artísticas, comida boa e muita troca de conhecimento na área de economia criativa e desenvolvimento sustentável.



A Expo contou com representantes das doze (12) cidades-membro da Rede de Cidades Criativas da Unesco situadas no Brasil:


Florianópolis (SC); Curitiba (PR); Belém (PA); Salvador (BA); Santos (SP); Paraty (RJ); Brasília (DF); João Pessoa (PB); Belo Horizonte (MG); e Fortaleza (CE) e as recém ingressantes Campina Grande (PB) e Recife (PE).


Com empolgação e criatividade, cada stand da Expo trazia um pouco da cultura e arte da cidade. Além da degustação, apresentação de projetos e história dos municípios, foi possível ver o impacto do Selo da Unesco na vida da população.



Você já imaginou a nossa cidade fazendo parte dessa Rede?


A Rede de Cidades Criativa (UNESCO Creative Cities Network - UCCN) foi criada em 2004 para promover a cooperação com e entre cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável. A Rede serve como uma plataforma internacional de intercâmbio e colaboração entre cidades para a implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas, notadamente o Objetivo 11 sobre cidades e comunidades sustentáveis. A Rede é composta por 246 cidades de mais de 80 Estados-membros da UNESCO, em sete áreas criativas: artesanato e arte folclórica, design, cinema, gastronomia, literatura, mídia e música.


O que é a Conferência da Unesco


A Conferência é realizada uma vez ao ano em alguma cidade-membro da Rede de Cidades Criativas. Em 2019, foi a vez da cidade de Fabriano (Itália), cidade criativa em Arte folclórica e artesanato. Em 2020, a cidade de Santos sediaria o evento, mas por conta da pandemia houve um adiamento para 2022.

Você pode conhecer mais sobre a Rede de Cidades Criativas da UNESCO na Palestra que rolou no 3º Cria Bauru.


“Esta única e dinâmica rede de cidades é uma plataforma potente para o compartilhamento de iniciativas inovadoras. Em um mundo cada vez mais urbanizado, as cidades-membro têm utilizado a cultura e a criatividade de forma bem-sucedida para melhorar o dia a dia de seus cidadãos”, comenta Ernestto Ottone R., diretor-geral Assistente de Cultura da Unesco.


Na Conferência, os representantes das cidades-membro do mundo todo trocam experiências em políticas públicas que afetam a sociedade, com foco nos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da ONU, a cultura, a criatividade e a economia criativa de cada cidade. Tudo isso em rede para potencializar a cooperação internacional e o desenvolvimento humano.

Na Conferência, foram realizadas seis Sessões Transversais, sendo elas: África e Sids (Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento); Igualdade de Gênero, Juventude e Grupos Marginalizados; Resiliência Climática; Cooperação Internacional; Inovação e Tecnologia; Recuperação Pós-Pandêmica.


Santos, cidade criativa do Audiovisual

Desde 2013, buscando a Economia Criativa como nova economia. Foi no Cinema que a cidade viu sua vocação bater mais forte, através dos festivais de cinema, alto consumo cinematográfico da própria população, Instituições de Ensino Superior em Cinema, a Santos Film Comission, uma produção audiovisual local forte, bem como o Instituto Qerô, que trabalha com formação gratuita para jovens de comunidades periféricas.


Teatro Guarany - Santos

Um dos pontos importantes para a descentralização cultural são as Vilas Criativas. São centros culturais destinados para a capacitação, inclusão e desenvolvimento da população de Santos. As vilas espaços oferecem, de forma gratuita: qualificação profissional, atividades culturais e esportivas que contribuem para a melhoria social.


Teatro Guarany, antigo cinema no centro histórico de Santos, recebeu várias profissionais do Cinema, para debates e troca de aprendizado sobre o rumo do audiovisual no país. Dentre elas, Laís Bodanzky, Maria Augusta Ramos e Débora Ivanov. Como convidado internacional, Morten Thorning participou de um Encontro com o tema de Animação e Documentário.



Mas não parou por aí. Já imaginou uma Feira de Economia Criativa em um espaço como o da foto abaixo? Ao passar pelo centro foi possível ver a criatividade na logística do evento: colocar pessoas criativas para mostrar seu trabalho no Centro Histórico de uma das cidades mais antigas do Brasil. Incrível.

Frontaria Azulejada - Interno - Santos SP

Uma das mais significativas obras arquitetônicas de Santos, a Casa da Frontaria Azulejada foi construída em 1865 para residência e armazém do comendador português Manoel Joaquim Ferreira Netto (1808-1868).


Desde 2007, o prédio funciona como espaço cultural, onde são realizadas exposições, eventos beneficentes e espetáculos culturais. Além disso, serve frequentemente como locação para filmagens de propagandas, novelas, minisséries e filmes de curta e longa metragens.



As feiras de Economia Criativa fizeram parte da programação cultural, que rolou entre os dias 20 e 24 de julho. O centro histórico de Santos recebeu diversas atividades, com shows, rodas de conversa, gastronomia, e muito mais. Desde os Arcos do Valongo, passando pela Frontaria Azulejada, passando pelo museu Pelé ou pela Rua Marques do Herval 33, era possível conferir o que é feito pelas criativas de Santos.


Lançamento do Cria SP


Agora uma notícia incrível para nossa cidade. A cidade de Bauru foi contemplada em um edital ao lado de outras 9 cidades do Estado. Durante a XIV Conferência da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, ocorreu o lançamento oficial do Cria SP, com representantes dos municípios selecionados. E o Cria Bauru esteve lá, marcando presença e coletando informações para início dos trabalhos.

O Cria SP irá estimular os municípios selecionados por meio de mentoria especializada, para a elaboração de um plano de desenvolvimento participativo de economia criativa, com a proposição de ações locais que levem em consideração as estratégias e as políticas de desenvolvimento cultural, criativo, econômico e de regeneração urbana, além de dar suporte à gestão municipal para a futura estruturação de eventual candidatura do município à Rede de Cidades Criativas da UNESCO.


Referências


https://pt.unesco.org/covid19/cultureresponse

https://en.unesco.org/creative-cities/content/annual-conferences


https://www.youtube.com/watch?v=PozeiLTv8Rk

https://amigosdaarte.org.br/editais-e-convocatorias/cria-sp-juntos-pela-cultura-2022-chamada-publica-08-22/


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo